Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Calendário de Eventos

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

perfil john

O Caminho do Silêncio

John Main OSB, THE HUNGER FOR DEPTH AND MEANING, editado por Peter Ng (Cingapura: Medio Media, 2007), pgs. 159-160.

Para trilhar a senda da espiritualidade, precisamos aprender a ser silentes. . . . Uma parte do problema do enfraquecimento da religião em nossos tempos é que a religião se utiliza de palavras para suas preces e rituais, e aquelas palavras devem estar carregadas de significado. E, elas só podem estar carrregadas de significado suficiente para emocionar nossos corações, para nos motivar em novas direções, se vierem do espírito. E o espírito exige o silêncio. Nós todos necessitamos utilizar palavras, mas para que as utilizemos com energia, nós todos necessitamos ser silentes. A meditação é o caminho para o silêncio, o caminho do silêncio. [...]
Aquilo que nós todos devemos aprender não é tanto que devamos criar o silêncio. O silêncio já está aí, em nosso interior. Aquilo que devemos fazer é entrar nele, nos tornarmos silentes, nos tornarmos silêncio. O propósito da meditação e o desafio da meditação é o de permitir que nos tornemos suficientemente silentes de modo a permitir que esse silêncio interior venha à tona. E, de modo a compreender que o silêncio é a linguagem do espírito.

 

original em inglês:

From John Main OSB, "The Way of Silence” in The Hunger for Depth and Meaning, ed. Peter Ng (Singapore: Medio Media, 2007), pp. 159-60.

To tread the spiritual path, we must learn to be silent. . . .Part of the problem of the weakening of religion in our times is that religion uses words for its prayers and rituals, and those words must be charged with meaning. And they can only be charged with meaning sufficient to move our hearts, to set us out in new directions, if they spring from spirit. And spirit requires silence. We all need to use words, but to use them with power, we all need to be silent. Mediation is the way to silence, the way of silence. [. . . .]

What all of us have to learn is not so much that we have to create silence. The silence is already there, within us. What we have to do is to enter into it, to become silent, to become silence. The purpose of meditation and the challenge of meditation is to allow ourselves to become silent enough to allow this interior silence to emerge. And to realize that silence is the language of the spirit.

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.