Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Calendário de Eventos

perfil laurence

Mensagem 1 do Advento de 2011

mensagem da primeira semana do Advento de 2011, originalmente postada no site www.wccm.org.

Andei viajando pela Ásia e América do Sul nas últimas semanas e vi os vários efeitos da crise financeira global. Em retrospecto parece-me que nos dirigimos para essa crise assim como sonâmbulos, ao permitir aquela alternância entre a ganância e o medo que controla o mercado no sentido de induzí-lo a um perigoso estado de sonho.

A bolha explodiu. A realidade surgiu. E o despertar foi duro; e, como sempre sói acontecer em assuntos ligados às finanças, foi mais duro para aqueles que possuem menos e são mais vulneráveis. Na vida pessoal também, frequentemente oscilamos entre o sonambulismo e o despertar repentino. Existiria alguma maneira de permanecermos acordados? Poderíamos evitar os extremos que nos causam tanta confusão e sofrimento? Não raro, sempre que estamos em um estado mais inflamado e hiperativo, estamos no sono mais profundo.

A meditação, pela manhã e à tardinha, é o melhor antídoto que a humanidade conhece para nos manter alertas, enxergando claramente as ilusões que nos atraem e os medos que nos controlam. E, para nos manter sintonizados com a beleza e o frescor da realidade à medida que cada dia nos convida a estarmos mais despertos, mais verdadeiros. Sabemos que estamos despertos quando mantemos o mesmo espírito de calma e de atenção em meio à alternância das atividades e das sensações .

Caso a sua meditação tenha se tornado preguiçosa ou mais irregular, considere esse período de exercício do Advento como uma oportunidade para recomeçar e renovar a prática. Uma boa prática de lectio seria a de memorizar as seguintes palavras do Evangelho, permitindo que elas limpem a mente em momentos estressantes do dia, seja pela manhã, ao meio dia ou à noite: “Vigiai, portanto, porque não sabeis quando o senhor da casa voltará: à tarde, à meia-noite, ao canto do galo, ou de manhã, para que, vindo de repente, não vos encontre dormindo. E o que vos digo, digo a todos: vigiai!” (Mc 13, 35)

 

original em inglês

from Laurence Freeman OSB, “Advent Message: Week 1,” 2011, unpublished but originally posted at www.wccm.org.

 


I have been travelling in S America and Asia in the past few weeks and have seen the various effects of the global financial crisis. In retrospect it’s obvious that we slept-walked into the crisis, allowing the oscillation between greed and fear that controls the market place to induce a dangerous dream state.

The bubble burst. Reality dawned . And the awakening has been hard; and, as always in financial matters, hardest for those who have least and are the most vulnerable. In personal life also we frequently lurch from sleep-walking to rude awakening. Is there a way that we can stay awake? Can we avoid the extremes that cause so much suffering and confusion? Often when we are at our most inflamed and hyper-active we are in the deepest sleep.

Meditation – morning and evening – is the best antidote known to humanity to keep us awake, clear-minded about the illusions that lure us and the fears that control us. And to keep us attuned to the beauty and freshness of reality as each day invites us to be more awake, more real.

We know when we are awake because we maintain the same calm spirit of attention between all changing activities and sensations.

If your meditation has become lazy or more irregular of late, think of this training time of Advent as an opportunity to restart and renew the practice.

A good lectio practice would be to memorize these words from the Gospel and allow them to clear the mind at stressful times of the day, morning noon or night: “Stay awake, then for you do not know when the master of the house will come, in the evening, or at midnight or in the morning. And what I say to you I say to all: stay awake. (Mark 13: 34)

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.