Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Calendário de Eventos

perfil laurence

Caríssimos Amigos

extraído da Newsletter da WCCM Internacional, Junho de 2008.

A prece é pessoal e não apenas individual.  Isso significa que ela é mais do que girar em volta das preocupações egocêntricas de nossas vidas.  Trata-se de nos libertarmos dessa órbita e, fazer com que o universal e verdadeiro centro da realidade se torne o centro de nosso universo pessoal.  A prece, então, assume uma significação crescentemente universal, à medida em que nossas próprias preocupações e problemas se reconfiguram em uma rede de relacionamentos que se aglutinam por compaixão e sabedoria, que são as verdadeiras forças da alma que nos elevam acima para fora do porão do ego, em direção à cúpula da alma, ali onde podemos enxergar as estrelas.

Original em inglês:

An excerpt from Laurence Freeman OSB, “Dearest Friends” CHRISTIAN MEDITATION NEWSLETTER, vol, 32, no. 2, June 2008, p. 4.

Prayer is personal not just individualistic. That means it is more than revolving around the egocentric concerns of our lives. It is about breaking out of that orbit and making the true and universal centre of reality the conscious hub of our personal universe. Prayer then takes on an increasingly universalist significance as our own worries and troubles are re-configured in a network of relationships held together by compassion and wisdom, the very forces of the soul that lift us out of the basement of the ego to the roof of the soul where we can see the stars.

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.