Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Calendário de Eventos

Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

perfil laurence

Caríssimos Amigos

extraído da Newsletter da Comunidade Mundial para a Meditação Cristã, Vol. 33, No. 1, Abril de 2009.

Sabemos muito pouco acerca dos aspectos pessoais das vidas dos líderes espirituais que ajudaram a humanidade a se desenvolver, e que verdadeiramente alteraram a mente humana. O critério para a confiança que depositamos neles, e na transmissão da verdade que personificaram, é a sua autenticidade pessoal, e não suas histórias pessoais. A rara e poderosa autoridade do verdadeiro mestre nos capacita tanto a acreditar no seu ensinamento, quanto a colocá-lo em prática.
Autoridade pessoal, todavia, não é o mesmo que força institucional. No entender de muitas pessoas modernas, a insistência da ortodoxia dogmática no sentido de que “voce precisa acreditar nisso, caso queira ser um de nós”, ameaça a autoridade do Cristianismo. Como uma criança, ou como um adulto sem auto-realização, poderemos aceitar essa insistência por nos conferir a segurança de pertencermos a um grupo de firmes convicções, e por aliviar o medo da rejeição, ou de estarmos por nossa própria conta. Porém, quanto mais de perto examinarmos a ideia de que a crença possa ser imposta, mais compreenderemos que isso é absurdo.
A crença em qualquer verdade revelada cresce através de um processo que inclui tanto a experiência pessoal, quanto à confiança que temos na autencidade do mestre. Não se trata de que as verdades essenciais do Cristianismo sejam pouco importantes, mas, de que elas sejam tão importantes, que não possam ser reduzidas a fórmulas de preparo instantâneo, e colocadas em formato linguístico imutável. Elas não são tickets de entrada para uma festa, ou vistos carimbados para a entrada no Reino. A verdade autêntica precisa crescer no solo da vida cotidiana, tal como a própria semente do Reino. A verdade cresce em nós, à medida que crescemos em relação à verdade. Qualquer instituição que negue isso, seja ela política, educacional ou religiosa, acaba perdendo a confiança de seus membros. A boa fé tanto significa confiança, quanto crença.

original em inglês

An excerpt from Laurence Freeman OSB, CHRISTIAN MEDITATION NEWSLETTER, Vol. 33, No. 1, April 2009.

We know remarkably little about the personal aspects of the lives of those spiritual teachers who have helped humanity evolve and who have truly changed the human mind. It is their personal authenticity, not their personal histories, that is the criterion for our trusting them and the transmission of truth they embody. The rare and powerful authority of the true teacher enables us both to trust their teaching and to apply it to our own lives.

Personal authority though is not the same as institutional force. For many modern people the true authority of Christianity is undermined by the insistence of dogmatic orthodoxy that “you have to believe this if you are to be one of us.” As a child or an unself-realized adult we may accept such an insistence because it affords the security of belonging to a group with firm convictions and allays the fear of rejection or of being on our own. But the more closely we examine the idea that belief can be enforced the more we see that it is absurd.

Belief in any truth-revelation grows through a process that includes both personal experience and trust in the authenticity of the teacher. It is not that the essential truths of Christianity are unimportant but that they are so important that they cannot be reduced to ready-made formulas set in linguistic forms that never change. They are not stamped party-cards or visas into the Kingdom. Authentic truth needs to grow in the soil of daily life like the seed of the Kingdom itself. Truth grows in us as we grow in relation to the truth. Any institution---political, educational or religious---that denies this, ends by losing the trust of its members. Good faith means trust as well as belief.

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.