Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Reflexão da Quaresma

Sábado da 4ª Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Habemus papam. Foi dada à Quaresma uma dimensão nova. Que Francisco seja abençoado.

Leia mais...

Sexta-feira da 4ª Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

A angústia da perda de hoje pode se tornar a alegria da libertação de amanhãa. Nós realmente não entendemos a natureza do apego que causou a dor, quando fomos submetidos à perda ou à separação, até que a operação acabe e o trauma desapareça.

Leia mais...

Quinta-feira da 4ª Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Logo a Quaresma se transformará em uma das maiores e mais profundas de todas as reflexões sobre a natureza e o significado do sofrimento. Vamos esperar que estejamos prontos para ela neste ano.

Leia mais...

Quarta-feira da 4ª Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Quando o pássaro preto voou para fora da vista
Marcou o limite
De um entre muitos círculos
(Wallace Stevens, Thirteen Ways of Looking at a Blackbird)

Existem muitas maneira de olhar para tudo. No poema de Wallace Steven, o verso acima é a nona maneira de olhar para um pássaro preto. Grande poesia frequentemente nos leva a um novo nível de despertar direcionando nossa atenção para algo tão óbvio que não podemos compreender por que não tínhamos visto aquilo antes.

Leia mais...

Terça-feira da 4ª Semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Falava com alguém acerca de uma terceira pessoa que a havia ofendido. Ela dizia: “Eu posso continuar a lidar com ela numa boa, mas jamais a perdoarei”. Isso era revelador:  o “jamais a perdoarei”, em vez de “jamais poderei perdoá-la”.

Leia mais...

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.