Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Reflexão da Quaresma

Segunda-feira da quarta semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

Você pode começar a Quaresma a qualquer momento do tempo porque, como diz São Bento, a vida (do monge) é uma contínua Quaresma.

Leia mais...

Domingo da quarta semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

Jesus soube que o tinham expulsado e, quando o encontrou, lhe disse: “Tu crês no Filho do Homem?”.

Leia mais...

Sábado da terceira semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

Por favor mantenham o Bispo Michael Putney em seus corações no momento em que ele deixa este território de existência e expande além desta dimensão na infinitude de Deus.

Leia mais...

Sexta-feira da terceira semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

A maior parte do mundo está alerta ao porquê dos políticos buscarem o poder.

Leia mais...

Quinta-feira da terceira semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

Eles todos se dizem maus meditantes

Leia mais...

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.