Leitura da Semana

Acesse mais leituras e mensagens de D. John Main e D. Laurence Freeman:

Reflexões da Quaresma

Durante toda a Quaresma, Dom Laurence envia suas reflexões diárias para a Comunidade.
Quaresma 2017 >
Quaresma 2016 >
Quaresma 2015 >
Quaresma 2014 >
Quaresma 2013 >

Séries de Palestras

Encontre um Grupo de Meditacao Crista

Reflexão da Quaresma

Sexta-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

A razão da disciplina espiritual é crescer na simplicidade para que nos tornemos mais abertos para amar e expandir nossa capacidade de amar além dos limites do ego.

Leia mais...

Quinta-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

À medida que as fronteiras vão ficando transparentes, o amor se revela progressivamente como a força primordial da realidade.

Leia mais...

Quarta-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

Somos seres dualistas com aspirações trinitárias. O modelo Cristão de Deus - da verdadeira natureza da realidade - possui uma dualidade Pai-Filho, transcendida pelo Espírito Santo.

Leia mais...

Terça-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

A quaresma é uma oportunidade. Um tempo para purificação, para descobrir a alegria da moderação, para lembrar-nos da condição natural na qual somos mais vivos e verdadeiramente nós mesmos.

Leia mais...

Segunda-feira da segunda semana da Quaresma

D. Laurence Freeman

Reflexões da Quaresma - Laurence Freeman

O conhecimento espiritual é o resultado da atenção total.

Leia mais...

Medite por Trinta Minutos

Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxada(o), mas, atenta(o). Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense, nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.