John Main OSB - WCCM
"Quanto Tempo?" - Leitura de 02/05/2011
Dom Laurence Freeman OSB: A Luz que vem de dentro (São Paulo: Paulus, 1989).
Tradução de Roldano Giuntoli
 

Por que a pergunta "Quanto tempo isso levará?" é tão importante e, o quanto ela pode ser desencorajadora? Em parte, porque ela é uma pergunta muito pouco clara. É uma pergunta que precisamos fazer, porém, afinal de contas, o que é que ela significa? Quanto tempo, o que, levará? O que é que a meditação procura fazer acontecer? Qual é a meta? Qual o destino?

A meditação certamente nos levará a um encontro com nossa própria realidade, cada vez mais profundo e, como resultado disso, dará a nossa vida uma dimensão mais estável de paz, de liberdade de espírito e de alegria do coração. E, freqüentemente, começaremos a sentir essas novas dimensões que se abrem em nosso interior e, em nossas vidas, provindo de fontes inesperadas, em relacionamentos não explorados, em momentos não previstos, em pontos não demarcados. Essas novas dimensões espirituais exercem uma influência perceptível sobre nossos relacionamentos e trabalho, sobre nossa maneira de reagir às decisões e desafios do dia-a-dia. O que acontece é que todo um novo conjunto de forças, interligadas na unidade de nosso espírito, é liberado em nosso centro e, se irradia para nossas vidas.

Porém, a meta fundamental nem é essa. Não é acerca disso que perguntamos quando dizermos: "Quando é que isso vai acontecer?" Todas essas dimensões reais e necessárias, todas essas forças inter-dependentes, são os símbolos e sinais de uma força unificada, a realidade única e unificada. Este é o poder da realidade do Espírito de Deus, que habita nosso coração, na profundidade final de nosso espírito, o Espírito de toda a criação, que também é a meta e o significado supremo de nossa vida. "Quanto tempo isso levará? Quando isso acontecerá?"

Encaramos essas perguntas de maneira muito diferente, quando compreendemos que o "isso" de que falamos e buscamos de alguma maneira expressar, é o Espírito em nossos corações. Porque, então, saberemos que "isso" é o Espírito, que tanto é o início quanto o fim, o alfa e o ômega. É o início e o fim de nossa meditação, de toda a jornada de nossa meditação, que abraçamos desde o dia que começamos até o último dia de nossa vida. É este o Espírito que dá início e completa o nosso ser. À medida que começamos a entender isto como sendo a resposta, passamos a entender nossas perguntas. "Quanto tempo isso leva?" Não leva tempo algum, pois aquele Espírito é eterno e, todo o tempo está contido naquele Espírito. "Quando isso acontecerá?" Já aconteceu. O Espírito já foi insuflado em nossos corações.

Medite por Trinta Minutos
Lembre-se: Sente-se. Sente-se imóvel e, com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxado, mas, atento. Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a em quatro silabas de igual duração. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense nem imagine nada, nem de ordem espiritual, nem de qualquer outra ordem. Pensamentos e imagens provavelmente afluirão, mas, deixe-os passar. Simplesmente, continue a voltar sua atenção, com humildade e simplicidade, à fiel repetição de sua palavra, do início ao fim de sua meditação.

 
 
Comunidade Mundial de Meditação Cristã