Dom John Main, OSB - WCCM
"Ponto de Crescimento"
Leitura de 21/06/2009
THE HEART OF CREATION, New York (Continuum, 1998), pgs. 105-107.
Tradução de Roldano Giuntoli
 

Deus é o alento da vida. Deus é presença e, Ele está profundamente presente dentro de nosso ser, em nossos corações. Só ao perseverarmos, descobrimos que cada um de nós se regenera no poder de Seu Espírito, cada um de nós se renova, se recria, de modo a nos tornarmos uma nova criação. “Derramei meu Espírito,” disse ao profeta Ezequiel. E, o Espírito é a presença do poder, o poder do amor. A meditação nos ensina que esta é a sabedoria fundamental, na qual podemos construir a vida e a verdadeira religião. O que descobrimos é que só podemos viver nossas vidas completamente, se estivermos sempre abertos a essa misteriosa presença do Espírito e, sempre abertos à presença, mais profundamente. Esta é a peregrinação a que nos dedicamos, toda vez que nos sentamos para meditar. Abrimos nossas mentes, nossos corações, nossas consciências, mais permanentemente, à mais elevada realidade que existe, que existe agora, que existe aqui.

Qual é o fundamento do mistério cristão? Certamente, é o fato de que o além está em nosso próprio meio, de que a realidade absoluta está aqui e agora. A fé cristã ensina que ao nos abrirmos para o mistério desta realidade, somos levados para fora de nós mesmos, para além de nós mesmos, para o mistério absoluto que é Deus. Deus é como transcendemos o eu. Transcendemos todas as limitações, através da simples abertura para o Todo, que é agora.

O grande despertar para o mistério é o reino dos céus e, o reino dos céus é agora. É estabelecido por Jesus e, proclamado por suas próprias palavras: “...é chegado o reino de Deus. Arrependei-vos, e crede no evangelho.” Arrepender-se  significa simplesmente, voltar-se para a direção de Deus. Arrepender-se é se voltar, não tanto para fora de nós mesmos (pois isso ainda nos mantém atados a nosso próprio centro), mas, para além de nós mesmos. Isso não significa nos rejeitarmos a nós mesmos, mas, encontrarmos nosso maravilhoso potencial, ao entrarmos em completa harmonia com Deus. Essa consciência do potencial é o fundamento positivo do cristianismo e, portanto, a principal preocupação para um cristão, não é o eu, nem o pecado. A realidade central é Deus e amor e, no que nos diz respeito, crescimento no amor de Deus. Crescimento, consiste tanto de nossa abertura a Seu amor por nós, quanto de nossa resposta, ao devolvermos aquele amor. [...]

Medite por Trinta Minutos
Sente-se confortavelmente, mas com a coluna ereta. Feche levemente os olhos. Sente-se relaxado mas atento. Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palavra. Recomendamos a palavra-oração "Maranatha". Recite-a como quatro silabas de igual duração Ma-ra-na-tha, em ritmo lento. Ouça-a à medida que a pronuncia, suavemente mas continuamente. Não pense nem imagine nada - nem de ordem espiritual nem de qualquer outra ordem. Se pensamentos e imagens afluírem à mente, trate-os como distrações e simplesmente retorne à repetição da palavra.

 
 
Comunidade Mundial de Meditação Cristã